Esta página foi traduzida automaticamente para português. Clique aqui para mais pormenores

" Ni la oh ?!" c'est l'expression d'étonnement que l'on peut entendre dans les rues de Bangui, dans la langue nationale, le Sango.

Et c'est aussi l'expression utilisée par le projet " NILLAO ", qui aura pour vocation d'améliorer l'identification et la géolocalisation des fournisseurs des biens et services pour plus de transparence et de fluidité dans la mise en œuvre d'une réponse humanitaire plus appropriée, plus efficiente, plus équitable et plus inclusive.

Em colaboração com o Programme Alimentaire Mondial e o Cluster Logistique, a aplicação, gratuita, está disponível para todos os operadores logísticos em atividade no país. L'application mobile rendra notamment accessible aux organisations qui veulent s'installer en République Centrafricaine (RCA) les informations suivantes :

  • Actualités fiscales et douanières qui ont un impact sur la chaine logistique en RCA ;

  • Répertoire complet et géolocalisé des entreprises centrafricaines fournissant bien et services et la documentation légale, y compris la vérification de leur Immatriculation au Numéro d'Identification Fiscale (NIF) et du registre du commerce et du crédit mobilier (RCCM), aussi bien à Bangui qu'en province.

  • Appels d'offres des partenaires et des autorités publiques.

Les informations communiquées ne contiennent pas de données personnelles, sensibles ou confidentielles.

O objetivo é colocar estas informações à disposição da comunidade humanitária, através dos instrumentos de comunicação utilizados pelo Cluster Logistique, para que cada ator da ajuda possa aceder ao grau das suas necessidades de análise de mercado.

On en discute avec Brice Ekomo Soignet, Gérant de la société NILLA Communication qui a développé l'application :

Brice, d'où t'est venu l'idée de cette application ?

" En l'absence d'annuaire papier ou digital et dans la dynamique de digitalisation du marché au niveau local, il était important d'avoir un outil gratuit pour les utilisateurs qui peut leur permettre de gagner du temps en exploitant une information fiable et vérifiable sur le terrain ".

Que pensa-tu qu'elle puisse apporter au commerce en RCA en général ?

"L'entreprenariat en Centrafrique bat son plein mais ses acteurs souffrent également d'un manque de visibilité réelle. Para além disso, as empresas sofrem da concorrência de estruturas informais. Cet outil va contribuer à emmener progressivement ces dernières à normaliser leur activité auprès de l'Etat ".

L'application a été présentée officiellement le 7 septembre 2022 lors de la réunion du Cluster National. L'application est en version test et ouverte aux partenaires. L'application est en téléchargement sur playstore.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

" Ni la oh ?!" é a expressão de espanto que se pode ouvir nas ruas de Bangui, na língua nacional, o Sango.

É também a expressão utilizada pelo projeto "NILLAO", um projeto que visa apoiar a localização Geo de prestadores de serviços, fornecedores e parceiros institucionais na República Centro-Africana. Em colaboração com o PAM e o Cluster de Logística, a aplicação gratuita está disponível para os operadores logísticos que trabalham no país e contribuirá para promover a transparência, a equidade e a inclusão da resposta humanitária. A informação acessível incluirá:

  • Atualizações fiscais e aduaneiras;
  • Um diretório geolocalizado para Bangui e províncias de empresas centro-africanas (para serviços e fornecimentos) e a verificação da sua identidade legal e documentação;
  • Chamadas para ofertas de parceiros e autoridades públicas.

O objetivo do projeto é disponibilizar esta informação a toda a comunidade logística humanitária, também através dos canais do Cluster Logístico. Os parceiros humanitários poderão aceder e utilizar facilmente as informações contidas na aplicação para as suas necessidades de análise de mercado.

Discutimos o projeto com Brice Ekomo Soignet, Diretor da NILLA Communication, o parceiro privado local que desenvolveu a aplicação.

Brice, de onde vem a ideia da aplicação?

"Na ausência de um diretório em papel ou digital e em apoio ao processo de digitalização já em curso a nível local, era importante dispor de uma ferramenta gratuita para os utilizadores pouparem tempo a explorar informações fiáveis e verificáveis no país".

Qual é, na sua opinião, o valor acrescentado que a aplicação pode trazer às empresas do país?

"O empreendedorismo na República Centro-Africana está em pleno andamento, mas os actores do sector privado ainda não têm total visibilidade no mercado. Além disso, as empresas sofrem com a falta de mercado formal. Esta ferramenta irá apoiar a normalização gradual das actividades das empresas no país".

A aplicação foi oficialmente apresentada em 7 de setembro de 2022, durante a reunião do Cluster Nacional. A aplicação está em versão de teste e aberta a parceiros. A aplicação está disponível para download na Google Play Store.

Disclaimer: O PAM / Logistics Cluster mantém total imparcialidade e não está em posição de endossar, comentar sobre a adequação de qualquer empresa como um provedor de serviços respeitável.

Para conveniência dos utilizadores do sítio Web do Logistics Cluster, alguns conteúdos são traduzidos para diferentes línguas utilizando uma ferramenta de tradução automática. Ao utilizar estas traduções, tenha em atenção que podem existir diferenças ou discrepâncias em relação ao conteúdo original. O Cluster de Logística não é responsável por estas traduções e pela sua exatidão. O texto da versão original deve ser considerado como referência.